20/01/2012


Um rosto ocupa todo território aonde um coletivo de aves sabe reajuntar. Vôo ou sorriso preenchem de morar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário