19/01/2012

O azul derramando a manhã é testemunho que a vida decompõe-se para além de uma só cor. Eu decido quando o mar vai colorir de lugar com o céu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário