15/01/2012

Todo amor demora o tempo de um infinito reter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário