08/02/2012

Cumpro palavras com arremesso de despertencimento. Assim ditas, elas me espalham. Depois abandono a espera que vinha me reter infinito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário