25/04/2012


As palavras menos sentidas figuram espaços ocupados pelo saber. Só as derivadas com arrimos de se perder queiram nos existir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário