15/04/2012


Esqueço pedaços de mim no que desperto escrevinhar. Coisa que levo é assalto de memória para entreter-me uma obra-prima inacabada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário