05/08/2012


Devo às pausas de uma lágrima, este mapa para um recomeço de espetáculo. Depois das águas, o mar virado sertão perfaz guia para poesia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário