31/01/2012


O amor é assim: um pedacinho que falta é sempre deste outro alguém que nos viva completar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário