31/01/2012


Se de repente não houver anteparo para o passo que sonho, devo resistir outra letra de livramento. Meu manifesto autoriza inventar desejo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário