02/02/2012


Até das pedras restarem imóveis poesia desacalma a razão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário