02/02/2012


Resolvi abrir os sonhos, dar um rumo inexato aos caminhos ilhados de existir. Um sonho lido cria rastro repleto de chamamento: eu liberto.

Um comentário:

  1. Perfeito!
    Me encanto com essa sua alma de poeta.
    Abraços.

    ResponderExcluir