12/02/2012


Falto voz para inventar palavra a removê-lo esquecido que tanto serei livre.

Um comentário:

  1. Tem alguém aíiiiiiiii?!
    Minha voz ressoou em uma sucessão de ecos distintos com a caridade de quem queria recompensar o vazio.

    Há gritos que não silenciaremos com palavras.

    ResponderExcluir