08/02/2012

O passarinho se alimenta da pimenteira que esperei vingar. Então assalto asas dele com as palavras que entorto só para nos revoar famintos.

Um comentário:

  1. Francisco Xavier19/03/2012 14:22

    E alimenta a escrita com tanta beleza!

    ResponderExcluir